Direção da Santa Casa busca apoio dos vereadores rio-grandinos
04/04/2018 12:28 em Mobilização

Na tarde de segunda-feira, 02, aconteceu uma reunião na Sala das Comissões Permanentes da Câmara Municipal do Rio Grande entre a administração da Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande e os vereadores. O presidente da Santa Casa, bispo emérito Dom José Mário Stroher, ao realizar um relato da situação daquela casa de saúde mencionou que há atraso de salários do mês de fevereiro em função do governo do estado não estar com os repasses em dia.

“Lamento dizer que se continuar assim, teremos que fechar unidades e demitir funcionários a fim de conseguirmos equilibrar o pagamento da folha mensal. Fico muito triste porque trabalhamos muito para colocar o hospital a pleno e por ver diariamente a situação de salários atrasados de funcionários, médicos e pela dificuldade na aquisição de medicamentos, material e até mesmo alimentação”, argumentou Dom José.

O presidente disse que sua visita buscava o apoio dos vereadores para sensibilizar o Governo do Estado para colocar em dia os repasses e ainda buscar em Brasília emendas parlamentares que possam ser destinadas à Santa Casa, como ocorre com a Santa Casa de Porto Alegre que foi beneficiada com mais de R$ 80 milhões.

O vereador Luiz Francisco Spotorno (PT) disse que esse atraso só será regularizado caso haja uma forte pressão política. “Precisamos que os 23 municípios que utilizam as referências da Santa Casa do Rio Grande se unam e vão à Brasília pressionar o governo e os legisladores para a grave situação daquela Casa de Saúde”, afirma. Ele mencionou também que está preocupado com a possibilidade do município em aderir à municipalização plena da saúde, demonstrando claramente sua posição contrária.

Na mesma esteira, o vereador Charles Saraiva (MDB), também afirmou que nunca aprovou a municipalização plena da saúde para Rio Grande e lembrou-se de uma reunião no Hospital de Cardiologia quando ficou preocupado com a vontade da maioria dos 23 municípios da região de se construir um hospital regional. “Precisamos é trabalhar pela Santa Casa do Rio Grande que já existe. Eles (os 23 municípios) não se importam com a Santa Casa, querem é o hospital regional. Sugiro uma visita à Secretaria de Estado da Saúde para pressionarmos a regularização dos repasses”, destacou Saraiva.

Por sua vez, a vereadora professora Denise Marques (PT), informou que a Comissão de Saúde da Câmara Municipal já visitou a Santa Casa e está buscando apoio para minimizar os problemas, mencionando que se faça pressão pela liberação de recursos sem os cortes sofridos.

Durante uma visita à Brasilia, o vereador Jair Rizzo (PSB), informou que conseguiu junto à Deputada Federal Yeda Crusius, uma emenda parlamentar para a Santa Casa no valor de R$ 100 mil. Ele questionou sobre a regularidade daquela Casa de Saúde para poder receber o recurso, o que foi prontamente respondido pelos representantes que não possuíam todas as certidões negativas e para poderem receber teria que ser via município.

Representando o parlamento municipal de São José do Norte, o presidente, vereador Ildomar Xavier da Costa, mencionou que o município conta com a municipalização plena da saúde, desde 2013, adotada naquela época, para que o Hospital São Francisco não fechasse. “Naquela data São José do Norte contava com um bom orçamento, mas hoje a realidade é outra”, salientou Costa.

Em contato via celular, o vereador Benito Metalúrgico (PT), pediu ao deputado federal Marco Maia, com o qual tem agenda marcada para amanhã para tratar sobre o polo naval, que o mesmo incluísse na pauta a situação da Santa Casa. Marco Maia garantiu ao parlamentar e ao presidente da Santa Casa que faria o possível para encaminhar junto às esferas competentes o pleito recebido.

Como encaminhamento da reunião, o vereador Flávio Maciel (SD), presidente do Legislativo Municipal afirmou que os 23 municípios serão convidados para integrar uma comitiva que deverá ir à Brasília buscar emendas parlamentares junto aos deputados federais, bem como que fosse marcado um encontro com o secretário Chefe da Casa Civil, Fábio Branco, que ontem participou de um evento na Câmara de Comércio.

Fonte: Roger Vaz/Câmara de Vereadores do Rio Grande

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PLANALTO MOVEFLEX